Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o lado negro da princesa

o lado negro da princesa

Luz

c4b35d9d600b23ebf19e3e4753618741.jpg

Antes de ti a minha alma era negra.

A vida cingia-se a trabalhar. Respirar. Voltar a estrada. Tentar agradar para não me sentir tão só.

E eu senti-me tanta coisa menos segura de mim. A dada altura nem me reconheci.

Começaram os pensamentos suicidas, o desencanto, a tristeza. O peso das paredes de uma casa que tantas vezes pareceu abater-se sobre o meu peito.

A vida engolia-me e como não sei nadar, ia com a corrente, com a cabeça de fora conforme conseguia.

A dada altura dei contigo.

E vi nos teus trejeitos a minha dor, a mesma solidão, a mesma revolta.

Aproximei-me com uma descaradeza que não me conhecia. Nem me devia ser permitida mas que se lixe o que os outros pensam...

Quis mostrar-te que o peso do mundo custa menos se for repartido. 

E custa, meu amor, já aprendemos isso...

A alma continua negra mas a tua também é.

O mundo já não pesa, estamos juntos, lutamos juntos, damos a mão e nada assusta.

Este nosso sentimento é luz.