Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o lado negro da princesa

o lado negro da princesa

A Rainha

Quem matou o António?

800.jpg

Luíza Albuquerque.

A vilã que pôs um país a seus pés.

De longe a melhor vilã que passou pela televisão portuguesa. E que saudades de ver a Alexandra Lencastre num papel a sua altura.

Ela esteve simplesmente perfeita.

Fria, fútil, maquiavélica. Má. 

Muito má.

Ver um desempenho tão credível dum actor é tão raro...

Sou fã desta senhora, confesso.

E é notório que ter mudado de canal não lhe trouxe a felicidade que se esperava. Fala-se num papel na próxima novela a ir para o ar. É aguardar...

Mas a Luiza terá sempre aquele lugarzinho no meu coração.

Esperançada que a Alexandra volte a ser o que é por direito: grande. Diva. Majestosa. Mulherão.

Quando não te pude abraçar

7f68656bcca96586737d8ed24223e0f7.jpg

"Até que enfim".

 

 

Abracei-o bem forte.

Encostei a cara ao pescoço dele para lhe sentir o cheiro da pele, a pele de que eu gosto tanto, o homem que amo tanto...

Foram três dias sem o ver, sem lhe tocar, horas e horas ao telemóvel...

Parecia que o tempo não passava, que a cama estava sempre fria, que a minha vida já não tinha graça...

Passei um fim de semana inteiro a desejar terça-feira. E desde então a gente não se larga.

A saudade deve ser elástica, nunca passa, dói sempre, cada momento dá sempre fome de mais...

Segunda-feira começa um novo estado de emergência e temo o que aí vem.

Já não consigo ver notícias para lá dos títulos; já não presto atenção a conversas alheias. Relatos de atitudes imbecis por parte de gente a quem dá vontade de chamar imbecil só me revoltam....

Por causa de atitudes imbecis famílias não podem estar juntas, gente que se quer bem não se pode ver, gente que quer espairecer dá por si enclausurada.

Tudo por falta de bom censo.

 

Mau tempo

c684115aa01bea2e00cf84c65d9c026d.jpg

Em dias de chuva, a vida é perfeita.

A lareira aconchega o ambiente e a alma.

O sofá trás reconforto e aquelas meias quentinhas dão uma certa leveza, não sei...

Sei que está frio e chove lá fora e tudo se ajeitou cá dentro.

Até o teu abraço se torna um nadinha mais terno...

E a tristeza dá lugar a um sentimento de momento eterno..

Podíamos ficar sempre assim.

Podia ser sempre assim.

Mas não é...

Por isso é viver o presente.

O lado negro da princesa

fanfiction-idolos-justin-bieber-criminal-1364519,0

Também é parte de mim.

Também são as minhas emoções, as minhas opiniões...

A diplomacia e a vergonha fazem esconder e soterrar na mente tanta coisa...

Só por não ser convencional.

Só porque a sociedade não aceita ou fica mal.

E a gente vai degradando por dentro aos poucos até ruir por completo.

E a princesa não tem o final feliz.

Dias maus que não são mais do que isso

6b99b96d4ea9a33f8a50dc476263e54c.jpg

Há dias em que não dá.

Em que nos sentimos obesas e com o ânimo de um suicida...

Em que o batom vermelho parece rasca e os saltos altos só nos faz parecer uns espantalhos.

Em que a comida não sabe a nada.

A vida não sabe a nada.

Mas a gente segue...

Sem atitude, mas com a solicitude que a rotina obriga a ter.

A vida lá fora não pára só porque estamos na merda. Mais dia menos dia paga-se o preço do marasmo.

Recorre-se aos livros de auto-ajuda e a frases inspiradoras do fulano que debita balelas.

Nem assim.

Chegas ao fim do dia cansada de ti.

Sem saber o porquê.

E sem te aperceberes, aparece uma gargalhada de criança, um beijo inesperado, um abraço apertado ou o simples vislumbre de quem gostas.

Parece que a tristeza simplesmente se evapora.

 

Força.

 

 

Tenho medo de ser pobre

a282874391dd206d607e5b19eb8ee19e.jpg

Esqueçam o glamour.

As malas caras e posts bem pagos no Instagram.

Tenho medo de ser pobre porque há uma saúde que nem todos possam pagar e espero nunca chegar o dia em que disso dependa a minha vida.

Porque há uma saúde para ricos.

Em Portugal.

É terrível a ideia de poder morrer numa lista de espera no SNS só porque não se tem dinheiro ou um seguro de saúde para ir ao privado.

Tal ideia é simplesmente horrível.